BOYSTOWN: ”Youtube da pedofilia” com mais de 400 mil pedófilos foi derrubado pela Polícia alemã

A polícia alemã invadiu uma das maiores plataformas de pornografia infantil do mundo, um site darknet chamado ‘Boystown’, prendendo vários suspeitos que seriam seus administradores. O site tinha cerca de 400.000 usuários na época de seu fechamento.

O fechamento da plataforma foi anunciado em um comunicado do Ministério Público de Frankfurt em conjunto com a Polícia Criminal Federal na segunda-feira.

Policiais disseram ter capturado três suspeitos que seriam os administradores da BOYSTOWN, que supostamente tinha mais de 400.000 usuários no momento em que a operação policial a tirou do ar.

A polícia a descreveu como “uma das maiores plataformas de pornografia infantil darknet do mundo” e disse que a BOYSTOWN estava ativa desde pelo menos junho de 2019. Várias outras plataformas de bate-papo dedicadas ao compartilhamento de pornografia infantil também foram tiradas do ar durante as operações.

Dois suspeitos, um homem de 40 anos de Paderborn e um homem de 49 anos de Munique, foram presos durante batidas policiais em meados de abril. Outro suspeito, um homem de 58 anos do norte da Alemanha, foi preso no Paraguai, onde reside há anos. A Alemanha solicitou sua extradição.

A polícia também deteve um quarto suspeito, um homem de 64 anos de Hamburgo, considerado um dos usuários mais ativos da plataforma de pedofilia BOYSTOWN. Eles disseram que o homem supostamente carregou mais de 3.500 postagens com conteúdo altamente ilegal para a plataforma.

Um grande cache de materiais pornográficos, incluindo imagens do “mais grave abuso sexual de crianças” , foi apreendido durante as batidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *