Com golaço de Nikão, Athletico-PR é bicampeão da Sul-Americana

Atacante fez belo gol, que garantiu o título da equipe paranaense contra o Bragantino em Montevidéu, no Uruguai

A final da Sul-Americana entre Athletico-PR e Bragantino terminou com a vitória do time paranaense. Com direito a um golaço de Nikão, a equipe comandada por Alberto Valentim venceu a partida por 1 a 0. O triunfo leva o Furacão ao seu segundo título da competição.

O placar foi aberto por Nikão. Após rebote cedido pelo goleiro Cleiton, o atacante, de voleio, deixou o time paranaense em vantagem. Ainda no primeiro tempo o Bragantino tentou responder, mas esbarrou em Santos. O segundo tempo foi pouco movimentado, com o Bragantino abusando dos cruzamentos na área e o Furacão tentando encontrar oportunidades no contra-ataque.

O jogo

O início do jogo não teve muitas chances de gol; as duas equipes encontraram muita dificuldade para criar jogadas, com a partida muito faltosa ainda nas primeiras ações. 

Cuello foi o responsável pela primeira boa finalização da partida. Aproveitando uma bola sobrada após escanteio, o argentino encontrou bom chute que saiu ao lado do gol de Santos. Logo na sequência, Terans conseguiu uma boa finalização de fora da área que obrigou o goleiro Cleiton a fazer boa defesa.

Mesmo com o domínio da posse de bola pelo Bragantino, foi o Furacão que abriu o placar: após chute de Terans, Cleiton rebateu e sobrou para Nikão, que de voleio abriu o placar para o time paranaense. Após o gol, o Bragantino conseguiu criar oportunidades, com Ytalo finalizando de cabeça e Helinho, que encontrou um bom chute de fora da área.

No segundo tempo o Bragantino, a fim de reverter o placar, tentou intensificar as chegadas ofensivas com muitos cruzamentos para a área, porém acabou cedendo chances de contra-ataque para o Furacão. Apesar desse cenário, a segunda etapa foi muito pouco movimentada, com raras chances criadas por ambos os times.

No fim do jogo, Barbieri apostou na entrada de atacantes altos para tentar um gol de cabeça e, em boas finalizações de cabeça de Léo Ortiz e Leandrinho, por pouco a equipe de Bragança não empatou o placar em Montevidéu.

Ficha técnica

Athletico 1 X 0 Bragantino

Data e hora: 20 de novembro de 2021, 17 horas

Local: Estádio Centenário, em Montevidéu-URU

Árbitro: Andrés Matonte-URU

Assistentes: Martin Soppi-URU e Carlos Barreiro-URU

VAR: Leodan González-URU

Cartões amarelos: Léo Cittadini e Erick (CAP); Fabrício Bruno e Aderlan (BGT)

Gols: Nikão 10’/1ºT

ATHLETICO: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno, Nico Hernández (Zé Ivaldo), Marcinho e  Abner; Erick (Fernando Canesin), Léo Cittadini (Nicolas) e Terans (Christian); Nikão e Kayzer (Pedro Rocha). Técnico: Alberto Valentim

BRAGANTINO: Cleiton; Edimar, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Aderlan (Luan Cândido); Praxedes (Gabriel Novaes), Cuello (Alerrandro) e Jadsom; Helinho, Arthur (Leandrinho) e Ytalo (Hurtado). Técnico: Maurício Barbieri

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *