Com laboratórios que simulam ‘a vida real’, cursos técnicos são opção para ensino prático

Quer seja pelo atendimento real a clientes ou a prática com equipamentos do dia a dia da profissão, é fato que um dos principais atrativos dos cursos técnicos é a possibilidade de aprender enquanto já treina os trabalhos ligados à profissão escolhida.  Esse tipo de formação foi, inclusive, o que mais cresceu (3%) entre 2015 e 2019, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 

A aprendizagem mais rápida e focada na prática foi o que motivou o estudante Filipe Braga da Silva a procurar um curso técnico. Ele é estudante de refrigeração e climatização no Centro de Ensino Técnico (Centec) e diz que ao menos 50% de seu aprendizado é voltado para o treino do conteúdo das aulas.

“O que mais gosto das aulas práticas são os macetes. Os professores simulam situações reais que vamos encontrar na profissão, inclusive com surpresas do dia a dia. Aprendendo nesses detalhes nos sentimos mais confiantes para atuarmos na área de refrigeração”, conta ele.

No laboratório do curso, os alunos têm à disposição mesas de trabalho e uma série de refrigeradores, geladeiras e condicionadores de ar dos mais diferentes modelos e marcas. Além das ferramentas disponíveis para manusear os equipamentos.

Somado à área de refrigeração, o Centec conta com 12 laboratórios para os mais variados cursos, como uma cozinha profissional para os técnicos em gastronomia e nutrição, e até um salão-escola para o curso técnico em estética. Esse último tem uma fachada especial ao lado da escola e é a reprodução idêntica de um ambiente profissional.

“Posso dizer que no curso de estética nossas aulas são 100% práticas. Conseguimos aprender vários procedimentos no salão-escola com os materiais adequados. Eu costumo dizer aos alunos que ali já é o local de trabalho deles. Então, cobro limpeza, organização e atendimento ao cliente”, comenta a professora Angélica Tavares.

Investimento

Com a alta procura por cursos técnicos e a crescente demanda do mercado de trabalho, a diretora técnica pedagógica do Centec, Eliana Cassia de Souza, diz que não há outra alternativa senão continuar investindo na prática durante o ensino.

“O Centec tem como um de seus valores a inovação, sendo assim, estamos constantemente atualizando nossos laboratórios. Formamos pessoas para o mercado de trabalho e este mercado está em constante evolução. Nesse contexto, a escola deve ser capaz de atender a essas demandas e investir cada vez mais em modernização”, afirma ela. 

Fotos divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *