Em Humaitá, Wilson Lima entrega fomentos ao setor primário e inspeciona obras de anel viário



Durante viagem a Humaitá, nesta quinta-feira, 11 de junho, para acompanhar as ações de combate à pandemia de covid-19, o governador Wilson Lima também entregou fomentos ao setor primário e inspecionou as obras do anel viário do município, que vai melhorar o escoamento da produção local de soja. As obras estão sendo retomadas pelo governo do estado e têm investimento de r$ 46,5 milhões.

Wilson Lima, disse que, tem uma afinidade muito grande com o setor primário porque entende a importância dele no contexto das atividades econômicas. O governador, também destacou as projeções positivas para o setor no amazona


Em Humaitá, o governador acompanhou o embarque de 22 mil toneladas de soja no porto masutti e a colheita de grãos na fazenda santa rita. O arroz e a soja são duas das principais culturas no município, somando mais de 2,8 mil hectares de produção e 14 mil toneladas de grãos.

Wilson Lima também se reuniu com um grupo de produtores locais para tratar de acesso a crédito e estratégias para a geração de empregos.


Um dos grandes investimentos do estado em Humaitá é o projeto do anel viário de 11,58 quilômetros que vai interligar porto velho, por meio da br-319, ao porto graneleiro do município, encurtando o trajeto que até então é feito por dentro do perímetro urbano, e que também e chamada de “cinturão da soja”, e vai dar mais rapidez ao escoamento do produto até itacoatiara.

De acordo com Wilson Lima, esta é uma das obras de infraestrutura que foram retomadas pelo governo do amazonas neste mês.

O governador também entregou um caminhão de médio porte, no valor de r$ 197 mil, para a associação de produtores de hortifrutigranjeiros do alto crato (apofac). O veículo vai beneficiar 295 pessoas de 59 famílias da região.
Para o presidente da apofac, fioravante simões, o caminhão representa a melhoria nas condições de escoamento dos produtos dos agricultores familiares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *