Equipes da Delegacia da Mulher prendem homem pelos crimes de ameaça, lesão corporal e violência doméstica

A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) zona centro-sul, sob o comando da delegada Débora Mafra, titular da Especializada, cumpriu, nesta segunda-feira (08/02), por volta das 9h, mandado de prisão preventiva em nome de um homem de 38 anos, pelos crimes de ameaça e lesão corporal no âmbito da violência doméstica, que teve como vítima a ex-companheira dele, uma mulher de 44 anos. O crime ocorreu no bairro Cidade Nova, zona norte da capital.

De acordo com a delegada Débora Mafra, a vítima contou que eles tinham um relacionamento de 20 anos, porém estavam há cinco meses separados. Segundo ela, o homem saiu de casa para morar com outra pessoa, no entanto, retornou há alguns dias para o mesmo terreno, onde fica situada uma oficina em que ele trabalha.

“Na delegacia, a vítima relatou que na última segunda-feira (1°/02), o homem tentou acionar o sistema de câmeras do local onde ela mora, mas não conseguiu, pois a mesma havia trocado o acesso quando ele se mudou do imóvel. Por esse motivo, o infrator pegou uma barra de ferro e desferiu vários golpes na mulher, causando hematomas na região dos braços, costas e cabeça. Ela foi socorrida por um dos filhos deles”, explicou a delegada.

Ainda conforme a autoridade policial, na manhã de domingo (07/02), por volta das 8h30, o indivíduo ligou para a vítima para conversarem sobre um automóvel de propriedade de ambos, e após ela se recusar a falar com ele, o mesmo invadiu a residência e a ameaçou de morte. A delegada Débora informou que a vítima temendo pela própria vida, procurou à Delegacia da Mulher para registrar a denúncia e solicitar medidas protetivas.

“Com base nisso, imediatamente solicitei à Justiça as medidas protetivas para ela e, no mesmo dia, a juíza Eulinete Melo Silva Tribuzy, expediu a ordem judicial e devido à gravidade do caso, deferiu também o mandado de prisão em nome dele. Com a ordem judicial, iniciamos às diligências e efetuamos a prisão em uma oficina, no mesmo local onde o delito ocorreu”, destacou a titular da DECCM centro-sul.

Procedimentos – O indivíduo irá responder por ameaça e lesão corporal no âmbito da violência doméstica. Após os procedimentos cabíveis na Especializada, ele foi encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

Fotos: Divulgação/PC-AM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *