Especialista dá dicas para escolher o imóvel ideal para dividir com amigos

Dividir apartamento com amigos é a maneira que muitas pessoas encontram para reduzir os gastos. E, para não ter dor de cabeça, pois nem sempre é fácil a convivência, é preciso atenção, desde a escolha do imóvel até a divisão das despesas.

Segundo o gestor de Vendas da Lopes Consultoria, Zacarias Neto, um dos principais passos da decisão de dividir um imóvel é a escolha da pessoa com quem isso será feito. “É preciso avaliar bastante a decisão, pois, além da convivência diária, haverá uma relação de negócio, com divisão de despesas importantes, como aluguel, luz, água, internet, entre outros itens”, relaciona.

Antes de definir em qual imóvel morar, uma dica importante a ser seguida é a avaliação financeira das pessoas que irão dividir o espaço. Zacarias ressalta que é preciso ficar claro quanto as partes estão dispostas a ter de despesas mensais.

No momento da procura do imóvel alguns pontos precisam ser observados, como localização, se está próximo do trabalho, por exemplo. Também deve-se avaliar as vantagens do local, se há área de lazer, os espaços internos, como, por exemplo, a quantidade de quartos. “Mesmo dividindo com amigos, todos querem privacidade em algum momento, então, é importante que cada um tenha seu espaço”, frisou.

Zacarias destaca que, nesse momento, é indicado que as pessoas consultem um corretor. É esse profissional que irá ajudar a encontrar o imóvel que melhor se adequa à necessidade das partes, tanto financeira quanto de espaço. Também irá pesquisar a situação do imóvel, a fim de checar se não há dívidas de IPTU e condomínio, fará vistoria para verificar a condição do imóvel e auxiliará no processo de contrato. “Esse suporte é primordial para que no futuro não se tenha dores de cabeça”, afirma. A Lopes Consultoria Imobiliária, que fica localizada na avenida Pedro Teixeira, 300, Dom Pedro, conta com uma equipe de corretores especializada e pronta para ajudar nesse sentido.

De acordo com Zacarias Neto, depois de estar morando na mesma casa, algumas regras podem ajudar na convivência. Primeiro, como será a divisão das despesas e quem ficará responsável por realizar os pagamentos. Outro ponto é a questão dos alimentos, se será dividido ou se cada um terá os seus separados. Tarefas diárias, como lavar louça e arrumar os ambientes, também devem ser acordadas entre os moradores. O mesmo vale para visitas e reuniões em casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *