Prefeitura atua de forma integrada para garantir feriado tranquilo em dia de manifestações

Prefeitura de Manaus atuou durante todo o feriado de 7 de setembro no monitoramento da capital, garantindo assim os serviços públicos essenciais e a segurança da população, que resolveu ir às ruas para exercer o seu direito de se manifestar. Junto ao Comitê de Enfrentamento de Crises e Gestão de Grandes Eventos, órgãos como Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Casa Militar, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Secretaria de Segurança Pública do Estado puderam atuar de forma cooperada, garantindo o bem-estar dos cidadãos.

De acordo com o prefeito de Manaus, David Almeida, a prefeitura busca trabalhar de forma cada vez mais integrada. “A prefeitura precisa trabalhar de forma integrada, com transversalidade entre as pastas, para que haja sincronia e efetividade entre os serviços, inclusive com compartilhamento de informações com órgãos em nível governamental, que faz com que tenhamos uma maior condição de atender a população”.

Mais de 41 câmeras de monitoramento foram utilizadas pelo Centro de Cooperação da Cidade (CCC)  para acompanhar as manifestações desta terça-feira. Segundo o superintendente do CCC, Sandro Diz, o objetivo é dar uma resposta imediata a qualquer eventualidade fora da normalidade.

“O principal objetivo do CCC é acompanhar a rotina da cidade e garantir a entrega de forma eficaz dos serviços públicos do município, atuando por meio do comitê, em eventos que fogem à normalidade da cidade, reunindo sempre os órgãos competentes, antecipando as ocorrências e oferecendo uma pronta-resposta”, explicou Diz.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Samu, disponibilizou 40 veículos para atender eventualidades decorrentes das manifestações, que se mantiveram pacíficas, sendo: quatro ambulâncias com equipe médica completa, 26 unidades básicas e dez motolâncias. Foram mais de 90 profissionais entre médicos, enfermeiros e técnicos atuando neste feriado.

Trânsito

Já o IMMU, acionou mais de 90 agentes de trânsito e fiscais de transportes   para atuar nos principais cruzamentos da cidade e no entorno das manifestações para garantir fluidez nas vias e circulação dos pedestres. 

Os agentes foram distribuídos para monitorar o Centro Cultural Povos da Amazônia, zona Sul (Bola da Suframa), Praça do Congresso no Centro, praça Largo do Mestre Chico, zona Sul e no Complexo Turístico da Ponta Negra, zona Oeste. Neste último, o número de agentes foi reforçado para poder atender a grande demanda de veículos e usuários do transporte coletivos que se deslocaram para participar do evento.

“Realizamos durante a semana toda uma programação de fiscalização em conjunto com outros órgãos da prefeitura. No entanto, tivemos que deslocar um efetivo maior aqui para a área da Ponta Negra, justamente para podermos controlar a entrada dos veículos que se deslocaram para esta área”, explicou Stanley Ventilari, diretor de operações do IMMU.

Ainda de acordo com o diretor de operações do IMMU, ao término da manifestação, houve a interdição no cruzamento da rotatória da avenida Coronel Teixeira com avenida do Turismo. “Nós fechamos a saída da rotatória em direção a avenida do Turismo, essa medida foi necessária para podermos proporcionar fluidez para os veículos que estavam saindo do evento. Se não fizéssemos a interdição, com certeza o tráfego teria ficado complicado no local”. 

Além da Ponta Negra, os agentes também foram distribuídos para monitorar o Centro Cultural Povos da Amazônia, zona Sul (Bola da Suframa), Praça do Congresso, no Centro, e praça Largo do Mestre Chico, zona Sul.

Segurança

Junto com os agentes, a Guarda Municipal e a Defesa Civil colocaram mais de 150 servidores na rua, garantindo a segurança dos profissionais de trânsito.

“Desde ontem, o prefeito David Almeida determinou que nos reuníssemos no CCC, que é o Centro de Cooperação da Cidade, para fazer a integração entre as secretarias municipais, viabilizando as operações no dia de hoje”, destacou o secretário da Casa Militar, William Dias.

Sobre o CCC

O CCC é uma ferramenta que está sendo entregue pela gestão David Almeida, com o objetivo de facilitar a rotina dos manauaras, por meio de tecnologia, reunindo os principais serviços públicos e dando uma pronta-resposta para a população.

Texto – Jamyly Macedo / CCC e Marcelo Lima  / IMMU

Fotos – João Viana / Semcom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *