Quadro de Paulo Gustavo é irreversível, diz boletim médico

Internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, com quadro de Covid-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva

Paulo Gustavo, 42 anos, é um ator, humorista, diretor, roteirista e apresentador brasileiro. Ficou conhecido pelo monólogo ‘Minha Mãe É uma Peça’, o qual, em 2013, virou um longa-metragem. Tornou-se o filme mais assistido do ano no Brasil e em 2015 foi publicado como um livro pela editora Objetiva. Devido ao enorme sucesso de crítica e público, em 2016 foi lançado Minha Mãe é uma Peça 2, e em 2019, Minha Mãe É uma Peça 3.

O ator e humorista Paulo Gustavo tem quadro  irreversível, mas mantém os sinais vitais, segundo informou nesta terça-feira (4) a assessoria de imprensa do artista, com base no boletim médico.

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes.”

Internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, com quadro de Covid-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva. A piora no quadro de saúde do ator aconteceu na noite de domingo (2).

Paulo Gustavo vinha apresentando melhoras significativas, chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e interagir com médicos e também com o marido, Thales Bretas. À noite, no entanto, sofreu uma embolia pulmonar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *