Tecnologia aprimora experiência de aprendizado em cursos de saúde

Alunos da faculdade Martha Falcão estudam anatomia humana por meio de imagens 3D

Por meio de aulas remotas, alunos de graduação dos cursos de saúde da faculdade Martha Falcão estão experimentando uma nova forma de aprender e analisar o corpo humano: por meio de um software que reconstrói a estrutura de um ser humano. A plataforma com imagens em 3D apresenta visões anatômicas e radiológicas dos sistemas internos, permitindo ao aluno um estudo aprofundado da estrutura física humana.

A medida foi possível por meio da parceria com Medical Harbour, responsável pela plataforma Athena Hub, cuja função é proporcionar a visualização e estudo de imagens médicas, desenvolvido para dissecação e estudo da anatomia humana e animal. Além disso, a ferramenta propicia dinâmica de interação intuitiva com exames tridimensionais ou planos.

“Em tempos de aulas remotas, realizamos uma parceria para que professores dos nossos cursos de saúde possam utilizar a plataforma Athena Hub em suas aulas on line, o que permitirá aos nossos alunos, acesso a imagens com altíssimo nível de qualidade, facilitando o seu processo de aprendizagem e formação profissional”, afirmou o diretor geral da faculdade Martha Falcão, Luiz Patrício Barbosa Jr.

No ambiente virtual, é possível fazer a reconstrução volumétrica, assim como a interação com casos reais, reforçando o aprendizado voltado ao atendimento clínico de forma mais especializada.

De acordo com a coordenadora dos cursos de Saúde, Mara Rezende, os professores receberam treinamento e aprovaram o conteúdo oferecido pelo software. Alunos dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição e Terapia Ocupacional já estão utilizando a plataforma. “O material é muito bom e completo, nossos alunos têm aprovado o diferencial”, afirmou.

“A tecnologia associada ao aprendizado é algo que vem para agregar. Um não exclui o outro e penso que, mesmo em um ambiente de aula presencial, essa ferramenta pode ser utilizada. O material veio em boa hora e tornou os alunos ainda mais engajados nas aulas”, afirma o professor Daniel Xavier, especialista em cinesiologia e mestre em Biociências e Reabilitação.
Xavier lista entre os principais desafios das aulas remotas, prender a atenção do aluno. “Isso porque ele tem um universo de distração no entorno dele, incluindo família, televisão e Internet. Esse novo sistema ajuda a ter mais atenção e engaja muito mais, traz uma maior aderência do aluno à aula. Por meio da plataforma, podemos ver articulações e músculos sob os mais diferentes ângulos”, explica.

Aulas remotas

Desde 25.03, as aulas para alunos e professores dos 27 cursos de graduação e 15 de pós-graduação da faculdade Martha Falcão vem acontecendo por meio de aplicativo, sem prejuízo de conteúdo. Os professores ministraram as aulas no mesmo horário e dia previstos no formato presencial. O link da sala, bem como o horário de início são disponibilizados na plataforma Integrees, rede colaborativa de dados acadêmicos já utilizados pelos alunos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *