Vice-Prefeito Neto do Baixo Rio agradece doação feita pelo governador Wilson Lima a Rio Preto da Eva/AM

O vice-prefeito do município de Rio Preto da Eva, Neto do Baixo Rio, agradeceu a motocicleta doada pelo governador Wilson Lima na Arena da Amazônia nesta terça-feira (6) na Arena da Amazônia.

Wilson Lima fez a entrega de 25 motocicletas e 20 embarcações, do tipo bote, para 37 municípios prioritários no controle da malária no Amazonas

O vice-prefeito lembrou que a moto doada hoje pela pelo Governo do Estado, através da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), se juntará as outras que o município para o combate não só a malária, mas também, no trabalho de prevenção e combate a pandemia do Covid-19 no Rio Preto da Eva.

Neto do Baixo Rio afirma que só com a mobilidade da moto será possível, por exemplo, aos agentes de saúde chegar até às comunidades rurais e ribeirinhas mais distantes.

Segundo o vice-prefeito, Rio Preto pode ser considerado um município referência de todo o interior do Amazonas na área da saúde, principalmente no trabalho de prevenção e combate ao Coronavírus.

Isto por quê, o prefeito Anderson Souza investiu grande parte dos recursos do FTI ( Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas) de 2019 no setor.

Foram feitos, por exemplo, investimentos na reforma do hospital de Rio Preto, na construção de 9 UBS (Unidades Básicas de Saúde) e de cinco postos de saúde na Zona Rural, e na compra de medicamentos.

O planejamento estratégico e ações antecipadas permitiu que a Prefeitura não fechasse o comércio, porém, adotasse as medidas recomendadas pela Organização Mundial de Sáúde (OMS) como o uso de máscaras, do alcool em gel, e o distanciamento social.

Essas medidas, segundo Neto, foram importantes para outro setor que conseguiu respirar durante a pandemia: o Turismo já que balneários e restaurantes não tiveram que fechar, mas funcionassem, dentro de horário pré estabelecidos pela Prefeitura.

Rio Preto foi um dos poucos a dotar o protocolo com uso de Ivermectina e Azitromicina que fez com que o município registrasse um baixo indígena de obitos da Covid-19 em todo o período da pandemia no Estado do Amazonas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *