Elan Alencar fiscaliza ações desenvolvidas em ruas alagadas pela cheia no Centro de Manaus

Nesta quinta-feira, 19/5, dia em que a cota do Rio Negro atingiu 29,30 metros, o vereador Elan Alencar (Pros), fiscalizou a subida das águas nas ruas do Centro de Manaus, para conferir de perto as dificuldades já enfrentadas pela população e também as ações desenvolvidas pela prefeitura para minimizar os danos causados pela cheia.

De acordo com o parlamentar, é preciso ficar atento constantemente com a subida do rio, uma vez que ano passado a capital teve a maior enchente de sua história. “As águas podem nos surpreender como já fizeram anteriormente. Já chamei a atenção para o tema no parlamento e agora vou às ruas acompanhar de perto o problema. Precisamos fiscalizar e diariamente monitorar essa situação”, afirmou Elan Alencar.

O vereador disse ainda que a cheia já afeta pessoas em bairros como o São Jorge e Mauazinho já estão sendo afetadas. De acordo com a Defesa Civil de Manaus, dos 19 bairros previstos para serem atingidos com a cheia de 2022, 11 já sofrem com a subida do nível do rio.

Apesar do cuidado redobrado, o nível elevado das águas do rio, não é motivo suficiente para que seja decretado estado de emergência, ainda que já se possa vislumbrar uma cheia severa, como destacou o titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg), Sérgio Fontes. O que leva ao decreto são todas as ações que devem ser feitas pela Prefeitura de Manaus para enfrentar as consequências da cheia.

Pontes de madeira estão sendo construídas na área central da cidade, para evitar que os comércios sejam fechados por conta da cheia, assim como nos demais bairros afetados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *